CBI 3x3 inicia sua história com 21 times, clínicas, rivalidade e muitas cestas

09.03.2020   |   3x3
Compartilhe Facebook Twitter

A semana que passou foi histórica para o basquete 3x3 brasileiro. Crescendo sem parar e atingindo cada vez mais atletas e agremiações, a nova modalidade olímpica fez sua estreia no calendário dos Campeonatos Brasileiros Interclubes, em parceria da Confederação Brasileira de Basketball e Comitê Brasileiro de Clubes. A primeira disputa teve o Nosso Clube/Instituto Vitaliza como anfitrião e as partidas foram disputadas no Ginásio do Sport Recife. Foi uma semana inesquecível para CBB, CBC, atletas e clubes.

- Foi uma estreia magnífica, fizemos história. Daqui pra frente fica a referência para quem não tinha conhecimento da modalidade nos clubes. O clube tem uma grande importância no desenvolvimento do 3x3, formar equipes específicas 3x3, estrutura para o treinador e atletas, participação nos campeonatos realizados por promotores independentes, federação (criação do departamento 3x3, eventos, quadro de arbitragem), CBB e CBC. O Basquete 3x3 já é realidade, é uma modalidade olímpica. A quantidade de equipes na primeira etapa masculina foi satisfatória, e a partir dessa, com certeza para as próximas a quantidade será maior - disse Franciso Oliveira, gerente de 3x3 da CBB.

As disputas aconteceram no sub-14 (seis equipes), sub-17 (oito times) e sub-23 (sete clubes). No sub-14, o Aeroclube-RN ficou com a taça. Já no sub-17 o capixaba Aest foi o campeão. E no sub-23 o Sport Recife, jogando em casa, mostrou força e ficou com a taça. Mas o torneio foi muito além das partidas. Confira abaixo tudo que rolou:

Clínica de arbitragem

Na quarta-feira, 4 de março, foi realizada a primeira clínica de arbitragem, para mesários e oficiais de quadra, com realização da Confederação Brasileira de Basketball. Com participantes da região Nordeste (Paraíba, Alagoas e Sergipe), foi hora de passar orientações detalhadas sobre a regra do jogo e informações preciosas para as federações que abraçaram de vez o basquete 3x3.

Foto: Divulgação/CBB

Clínica para técnicos

Já na quinta-feira, 5, antes da estreia dos times, o treinador das seleções sub-17 e sub-18 do Brasil, Luca Ramirez, foi o responsável pela clínica técnica, voltada para os comandantes das equipes que participaram do torneio. Foi hora de trocar conhecimento e aprender mais da modalidade, com um panorama tático e técnico completo.

Foto: Divulgação/CBB

Participação em rádio

A realização do Campeonato Brasileiro Interclubes de 3x3 em Recife chamou a atenção da mídia. Tanto é que os responsáveis da CBB pelo torneio foram até uma rádio local para falar sobre a modalidade olímpica e contar um pouco do planejamento da Confederação Brasileira de Basketball para o esporte que estreia em Tóquio 2020. Gerente do 3x3 na CBB, Francisco Oliveira foi o "chefe da equipe".

Foto: Divulgação/CBB

Ligas chanceladas
lnb lbf
Os Wodens!
Topo